AGQ Brasil | Greenwashing: o que é e como evitar esta prática em sua empresa
18503
post-template-default,single,single-post,postid-18503,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Greenwashing: o que é e como evitar esta prática em sua empresa

Greenwashing: o que é e como evitar esta prática em sua empresa

Sustentabilidade corporativa só faz sentido quando é genuína e quando há alinhamento entre discursos e ações. Caso contrário, pode ocorrer a prática de greenwashing.

 

 

Aqui começa mais um artigo sobre sustentabilidade no blog da AGQ Brasil. Não é o primeiro e certamente não será o último. Afinal, no mundo inteiro, sustentabilidade é um tópico de discussão sempre presente em seminários governamentais, reuniões empresariais, instituições de ensino e nos mais diversos contextos possíveis.

 

Explicar o porquê é desnecessário, mas é preciso entender a importância de agir de maneira coerente com os discursos. Organizações que vendem uma imagem de engajamento ambiental e social, por exemplo, mas que na prática não apresentam iniciativas e resultados reais, correm sérios riscos de enfrentarem crises de imagem, perderem investimentos e serem acusadas de greenwashing.

 

 

O que significa greenwashing no contexto atual?

 

A palavra greenwashing vem do inglês e, literalmente, significa “lavagem verde”. Para além da tradução ao pé da letra, o termo é utilizado nos mercados internacionais para descrever uma prática negativa, comumente adotada por organizações privadas e públicas, incluindo órgãos governamentais: instituições que vendem discursos e imagem associados à sustentabilidade, mas que, na prática, não cumprem com o que falam.

 

Antigamente, esta era uma estratégia de marketing altamente questionável, mas utilizada deliberadamente para fins de construção de identidade corporativa. Sob pressão por parte do mercado, governos e sociedade civil, algumas organizações investiam em campanhas para promover uma realidade que não existia, de fato. Hoje, com o conceito de ESG em destaque, o termo também se aplica a empresas e órgãos que burlam sistemas de avaliação, falsificam dados e que, quando descobertas, acabam enfrentando sérios problemas.

 

Para evitar esta prática negativa, sua organização deve investir de maneira eficaz em programas e ações de sustentabilidade; e comunicar com honestidade sobre o nível dos resultados obtidos ou promovidos por ela. É mais interessante assumir que há pontos de melhoria e dedicar-se a eles, do que tentar vender uma imagem que não se sustenta.

 

 

Como investir na sustentabilidade de seu negócio com a ISO 14001

 

A ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental, é a norma da família ISO que especifica os requisitos necessários para que uma organização possa gerenciar suas responsabilidades ambientais de uma maneira sistemática, que contribua para o pilar ambiental da sustentabilidade e se transforme em resultados tangíveis.

 

No combate à prática de greenwashing, a ISO 14001 é fundamental porque a norma sistematiza processos internos e auxilia na consolidação de uma cultura corporativa realmente sustentável. Assim, muito mais que discursos bem planejados e belas campanhas de marketing, organizações certificadas recebem todas as ferramentas e estruturas processuais necessárias para agir, de fato, em prol da sustentabilidade em seus segmentos de atuação.

 

Fale com nosso time de consultores e consultoras especialistas para saber mais e iniciar, hoje mesmo, a busca pela certificação em sua empresa.

 

 

Leia também