AGQ Brasil | ESG, ODS e o papel das normas da família ISO na Nova Economia
18351
post-template-default,single,single-post,postid-18351,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

ESG, ODS e o papel das normas da família ISO na Nova Economia

ESG, ODS e o papel das normas da família ISO na Nova Economia

Para se alinhar às tendências do futuro e desenvolver ações assertivas hoje, é fundamental compreender a conexão entre conceitos como ESG, ODS e normas ISO.

 

 

O conceito de Nova Economia surgiu na década de 1980. A expressão foi criada para traduzir um momento global no qual, graças às inovações tecnológicas e processuais mais recentes, a indústria se transformava. Do foco em produtos e equipamentos, o cenário migrou para maior destaque a serviços e experiências. Desde então, o mundo se transformou de maneira ainda mais drástica e acelerada, e novas tendências se uniram à já consolidada Nova Economia.

 

Atualmente, é impossível abordar tópicos relacionados à inovação, transformação digital ou crescimento econômico sem associá-los a questões socioambientais. A sustentabilidade deixou de ser uma escolha corporativa e passou a ser uma necessidade, diante de fatores como mudanças climáticas, fome global e outros aspectos que demandam o engajamento da iniciativa privada em prol de soluções ágeis e eficazes.

 

É neste cenário que o ESG ganha cada vez mais força, os ODS devem ser levados em consideração e as normas da família ISO surgem como aliadas importantes das organizações que prezam pelo equilíbrio entre desenvolvimento econômico e sustentabilidade na prática. Saiba mais.

 

 

O que é ESG – Environmental, Social and Governance?

 

A sigla ESG vem da expressão Environmental, Social and Governance, em inglês, que em tradução literal significa Ambiental, Social e Governança. O termo ESG surgiu em 2005, num relatório da ONU – Organização das Nações Unidas, sobre a importância de inserir as questões ambientais, sociais e de governança para promover mercados mais sustentáveis e resultados positivos para todas as partes envolvidas: empresas, governos, clientes, meio-ambiente e sociedade civil.

 

De maneira bastante sintética, ESG é um índice usado para mensurar as iniciativas de um negócio em prol de causas ambientais, sociais e de governança, além de ser um critério de investimentos. Fundos de investimentos em todo o planeta têm analisado não apenas os relatórios financeiros, mas também o potencial dos fatores associados ao ESG em cada negócio. Ou seja, quanto mais sustentável a organização é, maiores as chances de obter novos aportes e parcerias.

 

 

O que são os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

 

Os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, são outra iniciativa importante da ONU. Eles fazem parte do documento chamado Agenda 2030: um termo assinado em 2015 por representantes dos 193 Estados-membros da ONU. Estes países assumiram o compromisso de adotar medidas efetivas, ousadas e transformadoras para acelerar o desenvolvimento sustentável global nos anos seguintes. Para isso, foram definidos 17 objetivos e 169 metas relacionadas aos principais e mais urgentes problemas do planeta.

 

 

A relação entre ESG, ODS e normas da família ISO

 

Enquanto os ODS indicam necessidades urgentes e metas tangíveis para a solução de problemas globais e o ESG direciona a atuação das organizações de maneira mais sustentável, as normas da família ISO são aliadas para transformar tudo isso em ação. Em outras palavras, ao obter uma certificação, a organização dá um passo importante para consolidar uma atuação sustentável e eficiente.

 

Um exemplo disso é a ISO 14001 – Sistema de Gestão Ambiental, destinada para organizações que buscam gerenciar suas responsabilidades ambientais de uma forma sistemática, que contribua para o pilar ambiental da sustentabilidade, ou seja, para o “E” do ESG. Para saber mais sobre como uma certificação pode transformar positivamente a realidade da sua organização, fale conosco.

 

 

Leia também: