AGQ Brasil | Certificações, ROI e gestão por resultados nas organizações
18443
post-template-default,single,single-post,postid-18443,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Certificações, ROI e gestão por resultados nas organizações

Certificações, ROI e gestão por resultados nas organizações

A utilização da métrica de ROI (retorno sobre investimento) é fundamental para organizações que desejam implementar modelos de gestão por resultados.

 

Toda organização que realiza algum tipo de investimento em sua equipe, produtos, serviços ou processos, certamente deseja obter retornos significativos. Algumas vezes a melhoria desejada é específica, noutras trata-se de uma tentativa de aprimorar aspectos de modo generalista. Em comum a todos estes cenários encontra-se a necessidade de medir o retorno gerado por cada tipo de investimento.

No que diz respeito a investimentos mais tangíveis e concretos, tais como compra de maquinários, inauguração de novas unidades ou lançamento de produtos diferentes, por exemplo, é teoricamente mais fácil analisar os resultados obtidos a partir dos investimentos realizados. Porém, muitas organizações possuem dificuldades para verificar o retorno quando se trata de ações imateriais, como investimentos em campanhas de marketing, capacitação de equipes e certificações, entre outras. É para sanar este problema que existe a métrica ROI.

 

Hora de descobrir se aquele investimento valeu mesmo a pena. Imagem: Know Your Meme

 

O que é ROI e como aplicar essa métrica em sua empresa

 

A sigla ROI vem da expressão em inglês return on investiment, ou “retorno sobre o investimento”. Como o nome autoexplicativo da métrica indica, seu objetivo é calcular de modo assertivo qual foi o retorno obtido pela organização diante de determinado investimento. Isso é importante para medir a lucratividade das iniciativas, a efetividade das ações planejadas e executadas, bem como para auxiliar no âmbito contábil, fiscal, e também em futuras ações de marketing e negócios, por exemplo.

Curiosamente, não existe uma única maneira de efetuar o cálculo de retorno sobre o investimento. A primeira possibilidade, mais ampla, consiste em dividir o lucro líquido pelo total de ativos da empresa. Isto é, caso a margem de lucro líquido de uma organização ou de um projeto seja de R$ 100.000,00; e o total de ativos seja de R$ 200.000,00, o ROI obtido seria equivalente a 50%.

Porém, uma fórmula mais versátil para diferentes contextos e comumente aplicada pelas organizações é a seguinte:

(Valor Faturado – Valor Investido) / Valor Investido = ROI

 

Ou seja, a subtração do valor investido frente ao faturamento, dividido pelo valor investido é igual ao retorno sobre o investimento obtido. Por exemplo:

  • Valor faturado: R$ 100.000,00
  • Valor investido: R$ 25.000,00

 

R$ 100 mil – R$ 25 mil / R$ 25 mi = 3

 

Neste caso, o ROI definido em 3 indica um resultado positivo, na medida em que cada R$ 1,00 investido pela empresa gerou um valor bruto superior.

 

Qual a relação entre certificações e mensuração de resultados?

 

A mensuração assertiva é parte fundamental da gestão de resultados organizacionais, além de uma aliada importante na avaliação estratégica de investimentos de recursos. Organizações que investem em certificações podem utilizar a métrica ROI para comprovar a eficácia e os benefícios da melhoria de processos internos a longo prazo, identificando os efeitos positivos do selo em seu contexto corporativo. Fale conosco para identificarmos, juntos, qual é a certificação ideal para os objetivos e metas da sua organização e, assim, contribuir para que os resultados dos próximos anos sejam cada vez melhores.

 

 

Leia também: