AGQ Brasil | A relação entre certificações e reconhecimento de mercado
18221
post-template-default,single,single-post,postid-18221,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,translatepress-pt_BR,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

A relação entre certificações e reconhecimento de mercado

A relação entre certificações e reconhecimento de mercado

Um dos principais benefícios decorrentes da obtenção de uma certificação ISO é o reconhecimento de mercado que a sua organização pode obter. Entenda como isso ocorre e porque é algo importante.

Ao investir em uma certificação ISO, cada organização pode ter expectativas diferentes acerca dos benefícios gerados pelo selo. Isso é comum porque as peculiaridades de cada negócio afetam suas necessidades e o seu contexto, e também porque há diversas vantagens inerentes às normas da família ISO.

O aprimoramento de processos internos é benéfico por elevar a qualidade da operação; a adequação dos requisitos à cultura organizacional a torna mais forte; os produtos e serviços são afetados de forma positiva por essas melhorias e um dos reflexos externos disso tudo está no reconhecimento de mercado.

Reconhecimento de mercado pode ser definido como um conjunto de atributos percebidos pelos stakeholders da marca (clientes, fornecedores, investidores, parceiros, sociedade etc.), de modo que a empresa não apenas é frequentemente lembrada em seu segmento de atuação, como também é vista como referência, devido a seus diferenciais competitivos.

 

O primeiro passo para uma marca fidelizar clientes é ser vista, lembrada e reconhecida positivamente.

 

Como uma certificação ISO contribui para o reconhecimento de mercado?

Toda organização deseja ser reconhecida, com associação da marca e seus produtos ou serviços a aspectos positivos, como credibilidade, qualidade e segurança. A obtenção de certificações pode ser uma grande aliada neste processo.

Como você provavelmente sabe, cada norma estabelece requisitos para diferentes sistemas de gestão. A ISO 9001, por exemplo, estrutura nas empresas um Sistema de Gestão da Qualidade; enquanto a ISO 45001 propõe um Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional, e a ISO 14001 define um Sistema de Gestão Ambiental.

Cada selo indica, de forma oficial, o compromisso da organização certificada com os requisitos das respectivas normas. Por se tratar de padrões internacionais, qualquer cliente que tiver contato com algum dos canais de comunicação da empresa verá que se trata de um produto ou serviço passível de confiança, devido à chancela de uma autoridade certificadora.

Resumindo, a certificação é uma prova com validade internacional de que a organização se dedica a gerir seus processos a partir das melhores práticas (ISO 9001), a prezar pela saúde e segurança de seus colaboradores e demais públicos (ISO 45001), e a preservar o meio ambiente, amenizando o impacto de suas operações cotidianas (ISO 14001).

Certificações são provas reconhecidas internacionalmente de que sua organização atende a determinados requisitos.

 

Por que o reconhecimento de mercado é importante para as organizações?

Os mercados atuais são extremamente acirrados. Não importa o quão dominante uma organização seja em seu segmento ou praça, sempre há espaço para novos entrantes, para ascensão da concorrência e para a ação de fatores externos capazes de afetar a operação.

Diante de tantos riscos e tamanha instabilidade, além do fato de que, em muitos casos, há pouca ou nenhuma diferenciação prática entre os produtos e serviços oferecidos, o que vai impactar no crescimento sustentável do negócio são os seus diferenciais.

Para conquistar reconhecimento de mercado, é preciso comunicar os atributos de destaque da sua organização e comprová-los. Portanto, invista hoje mesmo na certificação mais adequada ao seu contexto.

 

Leia também: