AGQ Brasil | Como funciona um processo de certificação ISO 9001?
A ABNT NBR ISO 9001 (versão brasileira) é um sistema de gestão que ajuda quem busca melhoria contínua da gestão de uma empresa. A certificação ISO 9001 é aplicável a qualquer tipo de empresa, sendo ela reconhecida internacionalmente.
ISO 9001, Consultoria ISO 9001, Auditoria Interna ISO 9001, Consultoria ISO, Consultoria ISO 9001 BH
2809
post-template-default,single,single-post,postid-2809,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Como funciona um processo de certificação ISO 9001?

AGQ Brasil - ISO 9001

Como funciona um processo de certificação ISO 9001?

A ABNT NBR ISO 9001 (versão brasileira) é um sistema de gestão que ajuda quem busca melhoria contínua da gestão de uma empresa. A certificação ISO 9001 é aplicável a qualquer tipo de empresa, sendo ela reconhecida internacionalmente.

 

O que é ISO 9001?

A ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade é uma Norma mundial que pode ser implementada em empresas de qualquer tamanho ou porte e área de atividade (construtora, escola, farmácia, hospital etc.). Essa Norma contém uma série de requisitos que devem ser implantados na empresa criando assim um padrão de realização para um determinado serviço ou produto, sendo seu principal objetivo aumentar a confiabilidade e satisfação do cliente. 

Tem como objetivo promover a confiança em clientes demonstrando a capacidade de produzir um produto ou realizar um serviço de forma padronizada. Além disso, seu foco é a satisfação do cliente. É uma Norma aplicável em empresa de qualquer porte: micro, pequena, média ou grande.

 

O que preciso para implantar e certificar na ISO 9001?

Vamos agora conhecer alguns pontos importantes para a certificação ISO 9001. 

 

Empresa Regularizada

Empresa que deseja implantar a ISO 9001 deve inicialmente ter um CNPJ ativo. Além disso,   precisa estar regularizada, com alvará vigente e atendendo demais legislações aplicáveis, como por exemplo, as construtoras, que devem estar registradas no CREA e ativas.

 

Definir o prazo para implantação da ISO 9001

A definição de prazo para implantação é de extrema importância, pois com ele nós consultores faremos um planejamento para implementar a ISO 9001 dentro do prazo previsto. O período ideal para o processo é de 06 a 12 meses, levando-se em consideração o tamanho da empresa, as atividades desenvolvidas e um bom tempo para que toda a equipe possa absorver as informações e colocá-las em prática. Mas isso varia muito de uma empresa para outra.  

Com o cronograma desejado para a implantação da Norma ISO 9001, é comum ao iniciarmos o processo junto aos clientes, já solicitar aos OCC – Organismos Certificadores Credenciados pelo menos 3 orçamentos para a auditoria de certificação. Costumamos dizer para nossos clientes “Escolha a data do casamento e nesse dia você terá que estar com o peso ideal para entrar no vestido/terno” rsrs.

 

Definição de escopo

Também é necessário, no início da implantação do sistema de gestão da qualidade, definir o que vamos certificar, ou seja, o escopo. Escopo é o que sua empresa faz e deseja certificar. Exemplo, se sua empresa fabrica e monta móveis planejados, você pode definir o escopo como “Fabricação e montagem de móveis planejados” ou escolher apenas uma frente como “Fabricação de móveis planejados”. Com isso, o sistema de gestão da qualidade será desenvolvido para atender as atividades relacionadas ao escopo definido para sua empresa. 

Para empresas de construção civil, quando o sistema de gestão da qualidade é implantado considerando também o Regimento SiAC do PBQP-H, essa definição é bem mais simples, pois o próprio regimento já informa os escopos possíveis.

 

Implementação dos Requisitos

Bom, já temos a empresa regularizada, prazo definido e o escopo que vamos trabalhar, agora é hora de iniciarmos a implantação dos sete requisitos auditáveis da Norma: 4 – Contexto da Organização; 5 – Liderança; 6 – Planejamento; 7 – Apoio; 8 – Operação; 9 – Avaliação de Desempenho; e 10 – Melhoria.

 

Auditoria Interna

Ao término da implantação do SGQ, o mesmo deve ser avaliado com objetivo de verificar se está conforme com os requisitos da própria organização, da Norma e se está implementado e mantido eficazmente. A auditoria interna (auditoria de primeira parte) é um requisito normativo, devendo obrigatoriamente ser realizada antes da auditoria de certificação, visto que é uma das primeiras informações a serem avaliadas pelo organismo certificador.  

A auditoria deve ser realizada por um profissional imparcial, ou seja, quem te ajudou a implantar o SGQ, não deve fazer a auditoria interna. Nossa recomendação é que seja conduzida para análise de uma amostragem maior que a da auditoria externa, assim, o resultado será bem mais satisfatório.

 

Reunião de Análise Crítica pela Direção

Deve ser realizada pela Alta Direção uma análise crítica do sistema de gestão da qualidade da organização, objetivando a contínua adequação, suficiência, eficácia e alinhamento com o direcionamento estratégico. Também deve ser obrigatoriamente realizada antes da auditoria de certificação.

 

Chegou a hora da certificação…

Já estamos com o SGQ implantado, auditoria interna realizada, assim como a reunião de análise crítica pela Direção. agora é hora da auditoria de certificação. Essa auditoria recomendamos que seja realizada com um OCC – Organismo Credenciado Certificador (Certificadora) que esteja ativo no INMETRO.